04 abril 2011

Tokyo Magnitude 8.0


Com os últimos acontecimentos na terra do sol nascente, me recordei de um anime de apenas 11 episódios que acompanhei no ano de 2009 (veeeeelho), e que retratava a realidade no Japão, mais precisamente de Tokyo, caso acontecesse um terremoto de magnitude 8.0. Apresento a vocês Tokyo Magnitude 8.0.

Produzido pelo estúdio Bones (o mesmo de Cowboy Bebop e Fullmetal Alchemist) e transmitido pela Fuji TV, Tokyo Magnitude 8.0 conta como ficaria a situação de Tokyo diante de um terremoto de escala 8.0 na pele dos irmãos Mirai e Yuki Onozawa e de Mari Kusakabe. Como se não bastasse os desastres causados pelo terremoto em si, ainda vem o pós-desastre: réplicas, tempestades, incêndios e riscos que todos estão expostos.


Tudo começa quando Mirai, pela falta de tempo de sua mãe, é obrigada a levar seu irmão - Yuki - para uma exibição de robôs. Mirai é extremamente infeliz pelo fato de seus pais somente trabalharem e não terem tempo para ela e seu irmão, o que acaba sobrando pra ela cuidar de Yuki e não poder ter uma diversão "digna" de família. 

Depois de assistirem a exposição, Yuki pede para ir ao banheiro, e Mirai fica o esperando do lado de fora do prédio, e é nesse momento que ocorre o terremoto. Além de estar extremamente assustada, Mirai ainda tem seu irmão perdido entre os escombros do prédio que está preste a desmoronar. A garota tenta procurar sozinha, mas desesperada não chega muito longe, então surge Mari e ajuda Mirai na procura de seu irmão (e mais pra frente a sobreviver em meio ao caos).

Sozinhos, longe de casa, assustados, os irmãos não sabem o que fazer e a cada minuto a situação piora. 

Mirai, Mari e Yuki
Os 11 episódios retratam a tentativa dos irmãos de irem pra casa, e em seu caminho vai mostrando a situação de outras pessoas por todo o trajeto. É extremamente emocionante, conseguiu me arrancar muitas lágrimas, eu confesso, e é um anime que merece uma atenção especial. Por não ser algo fantasioso, nem com pessoas de super poderes, nem um romance colegial, muitas vezes as pessoas desdenham e não acreditam que esse anime possa ter um potencial, o que é extremamente errado, pois retrata o terremoto de forma tão real, que quando eu soube da notícia dos terremotos recentes no Japão, eu pude ver que realmente parecia (apesar de no anime não ter a tsunami como ocorreu agora).

São poucos episódios, mas todos eles são abarrotados de histórias e diferentes dramas. Podemos acompanhar o amadurecimento de Mirai, a compreensão e amor de Yuki, e a extrema bondade de Mari, que mesmo não sabendo da situação de sua filha e sua mãe, decidiu ficar com os irmãos e ajudá-los a chegar em casa primeiro. 

Momento do terremoto
No primeiro episódio eu tive vontade de dar uns tapas na Mirai de tão CHATA que ela é, sinceramente. Assistindo somente o 1º você pode achar inútil, porque o terremoto em si só acontece nos minutos finais. Mas é sim um episódio válido, pois mostra o porque de Mirai ser revoltada, o que levou eles a irem a Odaiba  (se não me engano é em Odaiba mesmo) e até como eles conheceram a Mari nesse meio tempo antes do terremoto.

Assista ao trailer do anime, que não tem legenda nem dublagem em ingles/português, mas dá pra ter uma idéia pelas imagens:


Vale lembrar que você deve assistir com muita atenção, pois há um segredo no anime que se você não prestar atenção, só vai descobrir no fim do anime porque eles mostram. Eu mesma só soube porque na época acompanhei os comentários e teorias dos membros da comunidade no orkut.

Onde você pode baixar: Kanzen Animes

Assistam e me contem o que acharam. Kissu!

14 comentários:

Iza disse...

SE FUUUUUUUUU brimks JASOIJSAIOJ deve ser foda ver, a parte do segredo me deixou intrigada e_e *curiosa* e ei, você ai que leu o post, pelamordegosh vamo comenta :D

Miss Carbono disse...

Não é mt o tipo de anime q eu costumo assistir mas vlw pela dica. ^^
A resenha ficou tão boa q me deu até vontade de assistir, parabéns!

teh mais

Amanda Abreu disse...

Realmente não é um anime que se encaixa muito no gosto do povo, mas sem dúvidas vale a pena tentar ver!
Obrigada pela visita e comentário =)

miracleromance disse...

Adorei. Vou procurar p/ assistir. *-*

@_ricbiazotto disse...

Infelizmente só conheci o anime depois que aconteceu o terremoto na minha querida terra do sol nascente, mas com certeza este anime está na lista dos que sou obrigado a assistir!!

Ah, parabéns pelo blog!!

Anônimo disse...

tokyo magnitude foi de fato uma serie unica pra mim, quando terminei de ver o primeiro capítulo, disse “essa, essa é a serie que eu tava procurando”, o designer, o cenario, o figurino, a dublaçao, foi meio que ver algo feito por mim mesmo, nao que me considere bom desenhista ou roteirista, mas foi um anime que praticamente contemplou o que procuro em series, sejam animadas ou nao.

Anônimo disse...

Bem, já faz um ano desde o terremoto seguido de tsunami, e a relação entre tokyo magnitude 8.0 e o acontecido, certamente nenhuma, a não ser o fato da serie tratar da probabilidade tal acontecimento, mais especificamente na cidade de Tóquio. Os japoneses parecem ter voltado a sua rotina faz tempo, claro que também tiveram suas perdas, traumas, mas parecem estar se reerguendo.

Anônimo disse...

Foi ate uma surpresa, cheguei a pensar que tivesse sido na China, pois uma semana antes houve um terremoto de grande magnitude por lá também. Quanto a nós, vale nossas orações e torcida para que eles realmente possam superar tudo isso, e mesmo que não pareçam transparecer os sentimentos como nos brasileiros, que tenham o consolo e amparo necessário.

Anônimo disse...

Claro que também não podemos nos esquecer que aqui mesmo no Brasil passamos por algo semelhante, não na mesma proporção, mas mesmo assim houveram perdas significativas, que foram nos deslizamentos na região serrana do Rio, alem de enchentes em vários lugares pelo país, e enquanto no Japão consertaram uma estrada em uma semana, um aeroporto em um mês, aqui no Brasil algumas pessoas ate pouco tempo atrás ainda estão em abrigos e alguns políticos das cidades mais atingidas foram cassados por mau uso do recurso que estava sendo repassado, daí vale nossas orações, torcida, apoio, ajuda, seja o que for, pois se os japoneses estão conseguindo, não é possível que também não consigamos, e melhor ainda poder se prevenir.

Anônimo disse...

sabe, é legal ver series que enfatizem temas como a relaçao entre pais e filhos, irmaos, amor desinteressado, genuino. e achei esse anime justamente quando procurava por animes com esse tipo de tematica e me chamou a atençao desde a sinopse sabendo que focalizariam em dois irmaos, numa historia realista, nada de superpoderes ou coisas mirabolantes demais, sendo que isso foi no começo de abril, sendo que o terremoto e tsunamis da vida real aconteceu um mes antes, e o fato de tratar-se de uma serie que teria como pano de fundo as consequencias dessa catastrofe natural fiquei ate suprerso, mas nao foi o principal motivo, mas sim pelos personagens e suas vivencias.

Anônimo disse...

os personagens todos sao otimos mesmo os secundarios, a dublaçao é algo caloroso. realmente gostei de todos, mesmo com a mirai tendo uma atitude rebelde de inicio, mas ela é uma menina que amadurece ao longo da trama, e que aquela pose era apenas uma mascara, criada por uma menina que nao tem reclamaçoes de questoes materiais, mas sim sentimentais, que sente muito a ausencia dos pais que estao sempre trabalhando, o que acaba gerando uma falta de comunicaçao, mas essa mascara vai sendo tirada aos poucos e vemos que ela é um doce de menina, de rapadura no começo, mas depois de cupuaçu com açai, e da pra perceber no flashback feito no ultimo capítulo que ela é uma filha maravilhosa e uma irma atenciosa.

Anônimo disse...

como ja foi citado antes os personagens sao realmente otimos, seja no estilo, personalidade, figurino penteado, foi como ver meus proprios personagens,mas dando minha opiniao sobre cada um bem:
MIRAI: ela é uma personagem que divide opinioes, mas eu particularmente dou um certo desconto, afinal ela é uma menina que vai crescendo e amadurecendo ao longo da trama, que segundo algumas opinioes na marra. a mirai que no começo se mostrava frustrada e revoltada com certas situaçoes, era apenas uma mascara que foi caindo aos poucos, pois ela se mostrava uma menina muito retraida, com dificuldades de expressar o que estava sentindo e acabava guardando tudo pra si mesma, mais especificamente registrava no celular, sendo que as reclamaçoes dela nao eram no que diz respeito a questoes materiais, mas sentimentais, em virtude da pouca presença dos pais em funçao do trabalho, o que acabava gerando uma falta de comunicaçao. no final do primeiro capitulo ela se pergunta se algo de bom iria acontecer na vida dela, bem, coisas maravilhosas ja haviam acontecido, dentre elas, nao muito depois ela iria atras de uma coisinha preciosíssima pra ela e que a ajudaria a superar a catastrofe que estava por vir. mas procurando fazer uma analise geral sobre a mirai, o que é passado na serie é aquela fase de adolescente, com os quais certamente nao é nada facil de lhe dar, mas observando os playbacks, podemos ver que ela nem sempre foi uma rebelde sem causa, mas tambem uma filha atenciosa e uma irma carinhosa, o que justifica o carinho e afeição que o yuki tem por ela.
YUKI: bem esse menino dispensa comentarios, e o que mais me chamou atençao é o quanto que ele se importa com a irma mais velha, e que so pela fala é como se desse pra sentir todo amor, carinho, respeito e admiraçao que ele sente por ela, e o passeio a feira de robos foi planejado por ele por causa dela, pois ja que os pais nao teriam tempo de leva-los para viajar no verao o yuki queria pelo menos passear e se divertir com ela, afinal era com a irma que ele passa a maior parte do tempo. e ao longo do caminho o yuki sempre procurava animar a mirai, dizendo que quando chegassem em casa ele daria a parte do pudim dele, que visitariam o avô em hokkaido e tomariam um sorvete bem cremoso, mas ela acabava pensando que ele nao tinha noçao da situçao e que estaria sendo negligente, quando que na verdade ele nao queria passar a sensçao de medo e insegurança, mas que ela ficasse tranquila, e procurava apoia-la da melhor forma possivel, afinal ele so queria estar ao lado dela e ver o sorriso da onee-chan que ele tanto ama. sendo tambem muito marcante quando a torre de toquio desaba, em como o yuki praticamente sem poder ver nada se atira pra desviar a irma dos estilhaços, foi realmente uma cena de encher os olhos, principalmente de se tratar do irmao menor.
MARI: digamos que seria o nosso ponto de equilibrio, e uma experiencia muito enriquecedora tanto pra mari quanto para a mirai e o yuki, afinal tanto ela como eles puderam ver os dois lados da moeda, pois ela assim como os senhores onozawa, trabalha tanto que quase nao tem tempo de ver a filha, que fica aos cuidados da avó, e tambem para que os dois, especialmente a mirai, perceberem que mesmo que os pais trabalhem muito eles sempre estao pensando neles, pois o que fazem é pra eles e por eles. vale tambem ressaltar que a mari é uma lutadora, que mesmo sendo uma mulher jovem, mas viuva, se preocupa em fazer o melhor pela filha, e ao longo da trama procura passar essa mesma força para as crianças poderem encarar o desastre da melhor maneira.

Anônimo disse...

bem como ja comentei sobre os protagonistas tambem vale a pena falar sobre os personagens secundarios, que tambem sao otimos, bem bolados, a trama que envolve cada um, sendo que nenhum é esquecido seja nas cenas finais ou no encerramento:

SEIJI E MASAMI: os pais dos personagens principais, que a priori pareciam meio frios e distantes, mas são típicos pais de família, visual e figurino ótimos, e todo esforço que fazem é pensando nos filhos que sao seus bens mais preciosos. Inclusive, a plantinha que a mirai, o yuki e o itsuki plantaram no começo foi um presente do pai deles.
SR. E SRA. FURUICHI: eu diria que foi uma das partes mais fortes da serie, pois os dois netos que tinham vindo do interior foram vitimas do terremoto, mas que mesmo assim faziam o possivel para cooperar com os outros.
AYA: colega de trabalho da mari, que apaerceu rapidamente no primeiro capitulo no mesmo trem qua a mirai, parece ser uma jovem adulta, autônoma e parece bem divertida.

Anônimo disse...

KENTO: digamos que seria com um yuki um pouco crescido, que é fascinado por robótica, alem disso ele e a sua familia já haviam sobrevivido a outro desastre, o pai dele aparece no final do capitulo do qual participa, ainda tem a mãe e a irma que é citada por ele.
MAYU: é a melhor amiga da mirai, as quais ja se conhecem desde pequenas, é uma menina bem despreocupada, que também achei simpática e divertida, tem dois irmaos menores que sao gemeos e uma irma recem-nascida.
YUKA: amiga da mirai que estuda piano e pensa que os pais nao gostam dela pelo de os achar rigidos demais quanto as aulas de piano e a escola.

Tecnologia do Blogger.

Amanda, ou Tama, ariana de 17 anos. Formanda, viciada em muitas coisas, projeto de geek e chata de coturnos, porque galocha não é legal.

Instagram

Dê um like!

Seguidores

Assine os feeds

Parceiros

No seu blog

Arquivos